a minha vida de dois empregos

eu já descobri. é tudo um grande plano. uma armação disfarçada de rotina para que eu não perceba. para que eu não repare na minha vida gotejando enquanto eu me mato de trabalhar e mantenho meu cérebro completamente tomado.

duas propostas de emprego para escolher. e lá se foram 3 dias sem dormir. 3 dias inteirinhos que se foram como se de polvilho fossem. 3 dias em que nada, nenhuma outra coisa, cruzou minha mente.

a novela, o paracetamol, a hipertensão, tudo faz parte de um grande truque. para te manter mentecapto. eles te preocupam, mas também te neutralizam, tomam teu tempo, para que você não decida nada relevante. para que você mantenha tudo bem diante da sua barriga, empurrando.

quando tomo banho, o barulho do chuveiro me faz lembrar. lembrar de mim. o barulhinho que não me deixa esquecer. que eu sou uma pessoa que ainda não sabe bem o que quer. e disfarço sendo comum.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s